15:49 Prefeitura flagra motorista sem habilitação dirigindo micro-ônibus escolar 15:44 Prefeito José Sperotto é eleito vice-presidente da Famurs 15:41 Prefeitura realiza poda de árvores na rua Santa Catarina 15:39 Prefeitura inicia obras da rotatória na avenida Nestor de Moura Jardim 23/05 Vereador Ale Alves doa cobertores ao Hospital Regional 23/05 Prefeitura apreende caminhão descartando entulho em açude no bairro Vera Cruz 23/05 Prefeitura lança Passaporte do Leitor para alunos da rede municipal 23/05 Patrono da Feira do Livro de Guaíba 2017 revela lembranças do município 12/05 Prefeito e secretários propõem melhorias para entorno da Igreja Matriz de Guaíba 12/05 Combate ao HIV em Guaíba é destaque em livro lançado pelo Estado 12/05 Dia D de vacinação acontece neste sábado (13) 12/05 Prefeitura obtém transporte escolar para 16 estudantes do Logradouro 03/05 Prefeitura busca viabilizar moradias para policiais militares e bombeiros de Guaíba 03/05 Confira os locais para entregar doações da Campanha do Agasalho 03/05 Campanha de vacinação contra febre aftosa tem início na região 02/05 Morre o ex-vereador Wilson Edmundo Eymael 02/05 Campanha do Agasalho tem início em Guaíba 27/04 Prefeitura reativa fábrica de canos e prevê economia de 40% 27/04 Prefeitura retira poltrona de valão 27/04 Sperotto presta contas dos 100 primeiros dias de governo
ECB Sistemas Desenvolvimento Web
ECB Sistemas Desenvolvimento Web Publicidade
Polícia // 07/05/2012

Adolescente confessa ter matado grávida em Guaíba por dívida de R$ 30

A polícia civil de Guaíba apreendeu hoje pela manhã uma adolescente de 16 anos que confessou ter matado em março deste ano uma jovem de 18 anos. A vítima, que foi baleada duas vezes, estava grávida de quatro meses.

Conforme o delegado Rafael Soares Pereira, da DP de Guaíba, a adolescente era conhecida no Bairro São Jorge por seu perfil violento. Ela chefiava uma quadrilha de venda de crack e também fazia cobranças de dívidas.

As investigações revelaram que a vítima Kathlen da Silva Silveira, 18 anos, teria ficado devendo R$ 30 para a quadrilha da adolescente. Depois de diversas ameaças sem que a dívida fosse paga, a garota assassinou a gestante. As duas eram colegas na época da escola. A adolescente será encaminhada para a Fase.

Fonte: Diário Gaúcho 

URL Curta:
Comente esta notícia: