14/04 Inaugurada primeira Unidade Estratégia de Saúde da Família em Guaíba 14/04 Começou nesta segunda a Feira do Peixe de Guaíba 01/04 Guaíba sedia maior festival de música eletrônica do Sul do País 31/03 Assinado contrato de construção da nova ponte do Guaíba 28/03 Final de semana terá o Grito Rock de Guaíba 27/03 Confira o Cronograma de vacinação do HPV nas escolas de Guaíba 26/03 Lombadas garantem maior segurança para o trânsito de Guaíba 25/03 SMAMA promove evento para comemorar o Dia Mundial da Água 24/03 Governador visita obras da empresa Celulose Riograndense 21/03 Executivos Chineses e Brasileiros da Foton visitam Guaíba 21/03 Aula Magna de doação de Orgãos 20/03 Quartel da Brigada Militar é evacuado após falsa ameaça de bomba em Guaíba 20/03 Prefeitura cria Grupo Técnico que vai revitalizar o Mercado Público 17/03 AGF surpreende ACBF e vê grande crescimento no time para 2014 17/03 Multiplicadores Ambientais Mirins recebem certificados 16/03 Academia de Samba Cohab Santa Rita é escolhida como Campeã do Carnaval de Guaíba 15/03 Neste sábado Guaíba realiza Carnaval fora de época 12/03 Governo do Estado quer ser acionista da montadora Foton 11/03 AGF encara a ACBF em jogo amistoso em Carlos Barbosa nesta sexta 10/03 Educação Ambiental é tema em escolas municipais
Publicidade
Polícia // 01/08/2012

Assassinato de taxista intriga polícia de Guaíba

Um taxista de Guaíba, na Região Metropolitana, foi encontrado morto na tarde desta terça-feira em um matagal, nas proximidades do bairro Engenho. Conforme a Polícia Civil, o corpo de Marcelo Cardoso Ambos, 32 anos, estava com uma das orelhas cortadas e apresentava perfuração na altura do pescoço.

O fato de não haver testemunhas nem suspeitos do crime intriga o delegado Rafael Pereira, responsável pelo caso. A vítima teria sumido pela manhã, quando familiares procuraram a polícia para relatar que o táxi de Ambos havia sido encontrado aberto em uma rua do centro da cidade, com os objetos pessoais dele, mas sem sinal do condutor.

- As mãos tinham marcas as quais sugerem que ele teria sido amarrado. Ainda não podemos confirmar que a perfuração no pescoço foi de um tiro ou de outro tipo de arma. Temos que esperar a necropsia do corpo para confirmar isso - explica Pereira.

A única hipótese descartado é o latrocínio (roubo seguido de morte). No táxi de Ambos foi encontrada a carteira da vítima com o dinheiro intacto, relata o delegado. Hoje, a Polícia Civil deve convocar novos depoentes.

- A princípio não há testemunhas, conversamos com muita gente. Aparentemente, ele não tinha vínculo com a criminalidade. Inclusive tinha arrumado emprego em uma empresa de ônibus. Ainda não temos uma linha forte de investigação - diz Pereira.

Fonte: ZERO HORA

URL Curta:
Comente esta notícia: