24/10 ANTT autoriza aumento de tarifa no pedágio de Eldorado do Sul para R$ 10,30 24/10 Guaíba implantará Plano Municipal de Qualificação Profissional e Inserção no Mercado de Trabalho 23/10 Hemocentro em Porto Alegre necessita de doações 23/10 Festa do PROJARI em Guaíba fez alegria das crianças 22/10 Futsal: AGF mais perto da Série Ouro 2015 21/10 Transporte coletivo em Guaíba: saiba como está o andamento da licitação 20/10 Foton apresenta caminhão que será produzido em Guaíba 20/10 Saiba como ajudar os atingidos pelas chuvas na região e no estado 17/10 Romaria das Capelinhas acontece hoje 16/10 Outubro Rosa: Torre de testes da fábrica da ThyssenKrupp Elevadores, em Guaíba, será iluminada 16/10 600 casas danificadas pelo granizo em Eldorado do Sul 15/10 Consciência Ambiental: mutirão irá realizar uma grande limpeza na orla em Guaíba 14/10 Jovem morre baleado após tentativa de assalto em ônibus 13/10 Colégio Pensar lança seis novos cursos técnicos EaD 13/10 Empresa carioca formaliza pedido para instalação no Polo Naval do Guaíba 10/10 Florida Com Vida: projeto comemora seu primeiro ano de existência 10/10 Orquestra PROJARI populariza música erudita 09/10 88 anos de Guaíba: atividades comemorativas serão realizadas até o próximo dia 19 09/10 Engebasa entra em funcionamento no fim do mês em Guaíba 08/10 PROJARI oferece curso gratuito sobre hábitos e alimentos saudáveis
Publicidade
Polícia // 01/08/2012

Assassinato de taxista intriga polícia de Guaíba

Um taxista de Guaíba, na Região Metropolitana, foi encontrado morto na tarde desta terça-feira em um matagal, nas proximidades do bairro Engenho. Conforme a Polícia Civil, o corpo de Marcelo Cardoso Ambos, 32 anos, estava com uma das orelhas cortadas e apresentava perfuração na altura do pescoço.

O fato de não haver testemunhas nem suspeitos do crime intriga o delegado Rafael Pereira, responsável pelo caso. A vítima teria sumido pela manhã, quando familiares procuraram a polícia para relatar que o táxi de Ambos havia sido encontrado aberto em uma rua do centro da cidade, com os objetos pessoais dele, mas sem sinal do condutor.

- As mãos tinham marcas as quais sugerem que ele teria sido amarrado. Ainda não podemos confirmar que a perfuração no pescoço foi de um tiro ou de outro tipo de arma. Temos que esperar a necropsia do corpo para confirmar isso - explica Pereira.

A única hipótese descartado é o latrocínio (roubo seguido de morte). No táxi de Ambos foi encontrada a carteira da vítima com o dinheiro intacto, relata o delegado. Hoje, a Polícia Civil deve convocar novos depoentes.

- A princípio não há testemunhas, conversamos com muita gente. Aparentemente, ele não tinha vínculo com a criminalidade. Inclusive tinha arrumado emprego em uma empresa de ônibus. Ainda não temos uma linha forte de investigação - diz Pereira.

Fonte: ZERO HORA

URL Curta:
Comente esta notícia: