10:16 Iniciam hoje as comemorações do dia do motorista 29/07 Guaíba preocupada com o Meio Ambiente 28/07 Guaíba recebe a primeira parcela do recurso destinado ao combate à AIDS 28/07 Professores mais qualificados nas salas de aula 25/07 Disputada 2ª Etapa do Ranking de Karate em Eldorado do Sul 25/07 Artista Guaibense lança novo clipe 24/07 Mais medalhas para ginastas de Eldorado do Sul 24/07 Avós participantes do Projeto Projari serão homenageados 24/07 Lançamento da 22ª edição da Cavalgada Farroupilha acontece hoje em Porto Alegre 23/07 Agosto: Guaíba terá diversos dias de atividades em defesa da causa animal 23/07 Inscrições abertas para o Pronatec em Eldorado do Sul 22/07 Atleta na Escola: Projeto incentiva prática esportiva nas escolas municipais 22/07 Setor Florestal cria sua entidade 22/07 Bolsas de estudo disponíveis para Guaíba 21/07 Fim das filas de espera nas escolas de educação infantil em Eldorado do Sul 18/07 Hospital Regional de Guaíba sem previsão de abertura 18/07 Escolas vencedoras do Projeto Ambientação serão conhecidas na próxima semana 18/07 Mais de 600 famílias cadastradas no projeto Minha Casa Minha Vida 17/07 Você tem direito ao Pis/Pasep? 17/07 Conhecidos os vencedores da Copa Cidade de Guaíba
Publicidade
Notícias // 23/07/2012

Assinado contrato para construção do camelódromo

A Prefeitura Municipal de Guaíba assinou nesta semana o contrato com a empresa vencedora da licitação, SBM Construções e Limpeza Ltda, para construção do Centro Popular de Compras. O valor da obra soma R$ 478 mil (R$ 478.251,32) e o serviço deverá ter duração de três meses.

A previsão é de que os trabalhos iniciem em, no máximo, 10 dias. O Centro Popular de Compras funcionará ao lado do Mercado Público, na avenida João Pessoa, e substituirá o atual camelódromo, que fica em frente ao novo local, próximo à Hidroviária. Todo coberto, o local abrigará um total de 37 bancas.

Pelo menos 31 vendedores ambulantes, que hoje atuam no camelódromo, foram cadastrados e serão transferidos para o Centro de Compras. Todos receberão alvarás de funcionamento e passarão a trabalhar na legalidade.

A iniciativa faz parte do projeto de revitalização do centro de Guaíba.

Clique aqui para ver em PDF o projeto que será realizado.

URL Curta:
Comente esta notícia: