26/10 Vereador Bento do Bem tem seu mandato cassado após julgamento na Câmara 17/07 Prefeitura recolhe cavalos abandonados nas ruas 17/07 Secretaria de Educação convida vereadores e apresenta balanço e projeções para 2018 17/07 Em dia de doação, Guaíba coleta 102 bolsas de sangue para Hemocentro 17/07 Prefeitura promove atividades especiais nas férias de julho 11/07 Secretaria de Assistência Social recebe capacitação para implantar a ID Jovem 11/07 Guaibenses aproveitam mais um fim de semana de atividades culturais 11/07 Alterações no trânsito em razão de obras da rotatória da Nestor de Moura Jardim 06/07 CAPS Álcool e Drogas tem capacidade de atendimento ampliada 04/07 Unidade móvel do Hemocentro estará em Guaíba na próxima terça-feira (4) 04/07 Saiba o que Guaíba ganha com o novo CT do Internacional 04/07 Posto da Primavera/São Jorge realiza dia extra de atendimentos 27/06 Prefeitura aprova projeto de CT do Internacional em Guaíba 27/06 Servidores e professores municipais iniciam curso de Libras 22/06 Prefeitura busca solução para evitar pontos de alagamentos 22/06 Clima de amizade marca abertura da 28ª edição dos Jogos Estudantis das Escolas Municipais 20/06 Prefeitura entrega mais de 300 itens para os Bombeiros 20/06 Prefeitura reduz fila de espera por exames de tomografia 20/06 Só Fumaça é o time campeão da Primeira Divisão de Futsal 08/06 Prefeitura de Guaíba antecipa parcela de 13º para servidores
ECB Sistemas Desenvolvimento Web
ECB Sistemas Desenvolvimento Web Publicidade
Política // 08/06/2011

Câmara promoveu reflexões sobre o Meio Ambiente em seminário

Aconteceu na sexta-feira, 03 de junho, o Seminário Guaíba e o Meio Ambiente - Preservar e Crescer, promovido pela Câmara de Vereadores. O Presidente da Câmara, vereador Caio Larrea (PPS), abriu o Seminário falando da importância de haver discussões sobre ecologia e ressaltou que "Guaíba precisa se alinhar às práticas de qualidade de vida".

Beto Moesh, que é vereador de Porto Alegre, advogado ambientalista, ex-secretário do Meio Ambiente de Porto Alegre, coordenador da Comissão de Ecologia da OAB/RS, responsável pela coordenação da elaboração do Código Ambiental do Estado e autor do projeto de lei que institui o Código Estadual do Meio Ambiente, realizou a primeira palestra do seminário, falando sobre as questões socioambientais do Século XXI. Na oportunidade, apresentou avanços em diversos setores ambientais ocorridos em Porto Alegre.

Na sequência, a bióloga Vanessa Scalco explanou sobre o trabalho que vem sendo realizado pela Associação Amigos do Meio ambiente (AMA) no Arroio Passo Fundo. Ao encerrar sua apresentação, ela mostrou aos presentes duas garrafas d'água: uma com água limpa coletada na vertente do arroio e outra com água poluída, coletada no final do arroio, o que causou grande impacto aos presentes, principalmente aos alunos que estavam no plenário.

A segunda palestra da manhã foi realizada por Berfran Rosado, presidente do Instituto Biosense de Qualidade, que falou sobre políticas públicas e responsabilidade ambiental.

No turno da tarde aconteceram explanações de representantes das empresas ULBRA Guaíba, Celupa/Mellita, Celulose Riograndense, ThyssenKrupp e Santher. Os profissionais responsáveis pelas áreas ambientais das empresas explicaram aos presentes as medidas e os cuidados que possuem com o Meio Ambiente, ao mesmo tempo em que divulgaram as ações que realizam com a comunidade, em prol dessa causa. O diretor da ULBRA Guaíba, Eloí Flores, deixou como mensagem que é preciso "reciclar materiais e comportamentos" e informou que a partir do dia 07 de junho a ULBRA abrirá uma série de discussões sobre a implantação de um parque tecnológico em Guaíba.

Posteriormente, aconteceu palestra com Adriano Rafael Kohl, engenheiro químico responsável pelas adaptações que foram realizadas em Caxias do Sul, cidade referência em práticas socioambientais.

A última palestra do dia foi realizada pelo secretário do Meio Ambiente de Guaíba, Maxiliano Finkler, que falou sobre o cenário socioambiental de Guaíba. O secretário destacou a necessidade que as cidades têm de se ambientarem às novas leis ambientais, dentre elas, a coleta seletiva de resíduos sólidos, que será obrigatória até o ano 2014.

O seminário finalizou com a apresentação de projetos do vereador Caio Larrea sobre coleta seletiva do lixo e educação ambiental nas escolas da rede municipal. Estiveram presentes no evento alunos e professores de escolas municipais, estaduais e particulares do município. No saguão do Plenário Cipreste houve exposição de artesãos e trabalhos de educação ambiental, realizados por alunos da Escola Moura e Cunha.

 

URL Curta:
Comente esta notícia:
Publicidade
TV Costa Doce

Móveis catarinense
Curta o Portal no Facebook
Publicidade
Guaiba Telecom
Tags | Notícia politica