26/10 Vereador Bento do Bem tem seu mandato cassado após julgamento na Câmara 17/07 Prefeitura recolhe cavalos abandonados nas ruas 17/07 Secretaria de Educação convida vereadores e apresenta balanço e projeções para 2018 17/07 Em dia de doação, Guaíba coleta 102 bolsas de sangue para Hemocentro 17/07 Prefeitura promove atividades especiais nas férias de julho 11/07 Secretaria de Assistência Social recebe capacitação para implantar a ID Jovem 11/07 Guaibenses aproveitam mais um fim de semana de atividades culturais 11/07 Alterações no trânsito em razão de obras da rotatória da Nestor de Moura Jardim 06/07 CAPS Álcool e Drogas tem capacidade de atendimento ampliada 04/07 Unidade móvel do Hemocentro estará em Guaíba na próxima terça-feira (4) 04/07 Saiba o que Guaíba ganha com o novo CT do Internacional 04/07 Posto da Primavera/São Jorge realiza dia extra de atendimentos 27/06 Prefeitura aprova projeto de CT do Internacional em Guaíba 27/06 Servidores e professores municipais iniciam curso de Libras 22/06 Prefeitura busca solução para evitar pontos de alagamentos 22/06 Clima de amizade marca abertura da 28ª edição dos Jogos Estudantis das Escolas Municipais 20/06 Prefeitura entrega mais de 300 itens para os Bombeiros 20/06 Prefeitura reduz fila de espera por exames de tomografia 20/06 Só Fumaça é o time campeão da Primeira Divisão de Futsal 08/06 Prefeitura de Guaíba antecipa parcela de 13º para servidores
ECB Sistemas Desenvolvimento Web
ECB Sistemas Desenvolvimento Web Publicidade
Entrevista Exclusiva: // 11/12/2013

Entrevista Exclusiva: Arilene Pereira responde questões sobre o mandato de Presidente da Câmara durante 2013

Entre os assuntos questionados estão as obras da casa, CCs e a saúde do município, confira »

Após o encerramento do ano de 2013 quanto à sessões ordinárias, o PortalCentroSul.com entrevistou o presidente da Casa durante o ano de 2013, o Vereador Arilene Pereira (PTB) e fez algumas perguntas que acreditamos que a população gostaria de saber sobre o trabalho realizado durante este ano. Confira:

Vereador Arilene sabemos que este foi um ano de início de mandato e para parte dos vereadores seu primeiro mandato, como você avalia esta gestão?

Primeiramente gostaria de agradecer à oportunidade, e dizer que estou sempre à disposição para responder perguntas, sobre este ano gostaria de dizer que fiquei feliz de ver que todos os novos vereadores estão empenhados com o desenvolvimento do Município, é muito grande a diferença em relação aos outros anos pela quantidade de requerimentos e de projetos que foram, mais ou menos uns 150 projetos, votados este ano.

Qual foi o objetivo principal desta gestão?

Primeiro foi organizar este ano e deixar todas as obras para o próximo ano, com dinheiro na conta, dando prioridade para a saída de emergência da câmara, para dar segurança para os vereadores, funcionários e população que vem assistir as sessões. Quando chegamos este ano não havia previsão orçamentária para os gabinetes dos novos vereadores, e tivemos que improvisar, agora está tudo certo.

Durante os últimos anos tivemos obras de infraestrutura na Câmara que ainda não foram concluidas, o que aconteceu este ano?

Muitas obras que gostaríamos de fazer não pudemos realizar pois não havia orçamento previsto no ano de 2011, e não sabíamos se a justiça iria liberar as obras, então ficamos segurando as obras pois a justiça não liberou a continuação, o Tribunal de Contas já mandou perícia, então está tudo parado, inclusive vamos ter que devolver recursos, pela burocracia, pois não podemos continuar se o processo não for bem feito, muitas empresas participam das licitações sem documentação adequada e isso impede a licitação de ocorrer, trazendo esses atrasos todos.

Um ponto relevante, que não podemos deixar de perguntar é: o que foi feito pela saúde da Cidade?

Aprovamos recentemente a autorização para o convênio com o Beneficência Portuguesa, projetos de Postos de Saúde, e projetos de saúde da família, mas o que eu acho importante mesmo foi a autorização do convenio do Beneficência Portuguesa, que agora 90 dias após a assinatura do contrato eles vão tomar conta lá do PA, e os funcionários do PA irão ir para os bairros, em postos de saúde, e as cirurgias que já estão cadastradas vão ser levadas para Porto Alegre antes mesmo de construir o novo hospital, e será tudo via SUS.

E os projetos para o desenvolvimento de Guaíba?

Estamos aprovando um grande número de autorizações de empresas para se instalar na cidade como Foton Aumark, Hotel Ibis, Embrasa Mecânica, Ferragem Negrão e outras. que vão trazer desenvolvimento, emprego e arrecadação para o município.

Um Projeto de Lei que está tramitando e terá impacto muito forte na cidade é o Novo Código Tributário Municipal, que eleva as alíquotas e segundo avaliação de várias pessoas contém erros que inviabilizaram a sua aprovação na forma atual e traria uma queda no ritmo do desenvolvimento da cidade, como ficará esta situação?

Esse novo código só sairá para o ano que vem. Da maneira que se encontra não será votado, pois necessita de avaliação melhor. Ano que vem é previsto que o próximo presidente faça um concurso de um contador, para analisar as contas que vem pra cá, pois temos somente um tesoureiro, e isso não é o suficiente para analisar projetos deste tipo, ficamos nas mãos de consultorias. Este concurso deixamos já no orçamento do ano que vem.

Qual era o maior problema interno da casa?

O maior problema interno eram os cargos em comissões, nós tínhamos 29 cargos que o Tribunal de Justiça disse que estavam irregular, e após o julgamento um só um foi considerado irregular, nós teríamos que demitir todos os cargos e junto com o assessor jurídico nos fizemos um trabalho para regularizar esta questão que estava irregular desde 2005, e assim nós conseguimos provar que estes cargos eram regulares, e dessa maneira foi julgado por unanimidade que só um cargo foi dado como inconstitucional que era de assessor de recursos humanos.

Algo bem questionado atualmente é a segurança do prédio, e vemos que a Câmara não tem saída de emergência e pouca acessibilidade, como elevador etc., o que tem se feito para melhorar esta situação?

Desde 84 que não se tem uma saída de emergência e depois do acontecimento da boate de Santa Maria todos os prédios públicos e comércio estão tendo que se adequar, e a fiscalização está certa, porque aqui mesmo, às vezes, temos quatrocentas pessoas, e precisamos trazer segurança aos funcionários, vereadores e população. A fiscalização veio aqui fizeram notificação, e agora liberaram a ordem de serviço para a adequação, procurei fazer isso rápido, e hoje estão liberadas as obras, vamos fazer tomada de preço, e fazer licitação, que é um processo demorado, chega à levar 120 dias pois não temos pessoas para participar, por isso é difícil de adequar tudo mais rápido. Feito a licitação a empresa vai avaliar o que é preciso, pois tá complicado, tu fica la em cima com o coração na mão, outro dia desses tinha uma senhora 95 anos e não tem nem corrimão nas escadas, temos que ter trabalhar para oferecer estrutura melhor para preservar a vida.

No orçamento para o próximo ano o que vocês deixaram já destinado?

Esta orçado uma infraestrutura melhor, chamar pessoas já aprovadas em concurso publico. A próxima gestão vai encontrar a casa em ordem com suas contas e recursos humanos mais organizados do que se encontrava.

Em que sentido melhor e mais organizados?

Este ano tivemos que organizar as coisas que estão desde 1998 na justiça, sanar os problemas, aposentadorias que não estavam organizados aqui ainda. E dar condições melhores para o RH já que estes problemas se deram pois não tinha um quadro organizado, agora nós temos funcionários que passaram em concurso e estão organizando os recursos humanos. No xerox por exemplo não podia ser CC, nem nas compras, hoje nós organizamos e em cada setor temos um concursado, e a tendência para o próximo ano, pois já está no orçamento, é chamar mais três concursados, para ficarem à disposição da casa.

O que houve de redução nos gastos da casa?

Este ano entre os últimos fomos os que menos gastamos em viagens. A verba destinada era de R$ 120 mil para viagens e gastamos somente R$ 22 mil até o momento. E o restante foi destinado por todos os vereadores à ser repassado para o Hospital Livramento, tudo por conta da economia das diárias deste ano.

O que você espera para a gestão de 2014?

Espero que seja uma gestão boa, pois o orçamento esta adequado ao novos vereadores, todas as previsões orçamentarias estao colocadas para o proximo ano, com recursos para as obras, para os gabinetes, para criar os cargos de assessores para os novos vereadores que entraram, e para os concursos que serão feitos também.

Sabemos que o ano de 2013 o Sr. recebeu vários reconhecimentos, como você avalia este ano para sua gestão e vida política?

Este ano, 2013, foi o meu melhor ano na vida pública, fui homenageado com o lançamento da pedra fundamental da celulose riograndense, onde fui um dos primeiros funcionários que trabalharam na construção da Borregard, e este ano tive meu nome colocado na pedra fundamental da nova fábrica, recebi também o título de Cidadão Guaibense e o título de serviços prestados ao Corpo de Bombeiros.

Qual mensagem você deixaria para os nossos visitantes?

Gosto de atender bem a população, atender a imprensa, valorizamos muito o debate e uma pessoa pública tem que ser criticada e elogiada pelos seus atos, ninguém faz uma administração pública sem alguém contra, gostaria de aproveitar e deixar a mensagem de que sou um pré-candidato a outros cargos no futuro.


Na foto: Ver. Arilene Pereira (PTB) apresenta o projeto de alteração do Novo Código Tributário entre outros projetos à equipe do PortalCentroSul.com.

URL Curta:
Comente esta notícia:
Publicidade
TV Costa Doce

Móveis catarinense
Curta o Portal no Facebook
Publicidade
Guaiba Telecom
Tags | Notícia Política Arilene PTB Câmara