15:49 Prefeitura flagra motorista sem habilitação dirigindo micro-ônibus escolar 15:44 Prefeito José Sperotto é eleito vice-presidente da Famurs 15:41 Prefeitura realiza poda de árvores na rua Santa Catarina 15:39 Prefeitura inicia obras da rotatória na avenida Nestor de Moura Jardim 23/05 Vereador Ale Alves doa cobertores ao Hospital Regional 23/05 Prefeitura apreende caminhão descartando entulho em açude no bairro Vera Cruz 23/05 Prefeitura lança Passaporte do Leitor para alunos da rede municipal 23/05 Patrono da Feira do Livro de Guaíba 2017 revela lembranças do município 12/05 Prefeito e secretários propõem melhorias para entorno da Igreja Matriz de Guaíba 12/05 Combate ao HIV em Guaíba é destaque em livro lançado pelo Estado 12/05 Dia D de vacinação acontece neste sábado (13) 12/05 Prefeitura obtém transporte escolar para 16 estudantes do Logradouro 03/05 Prefeitura busca viabilizar moradias para policiais militares e bombeiros de Guaíba 03/05 Confira os locais para entregar doações da Campanha do Agasalho 03/05 Campanha de vacinação contra febre aftosa tem início na região 02/05 Morre o ex-vereador Wilson Edmundo Eymael 02/05 Campanha do Agasalho tem início em Guaíba 27/04 Prefeitura reativa fábrica de canos e prevê economia de 40% 27/04 Prefeitura retira poltrona de valão 27/04 Sperotto presta contas dos 100 primeiros dias de governo
ECB Sistemas Desenvolvimento Web
ECB Sistemas Desenvolvimento Web Publicidade
Notícias // 14/07/2012

Prazo para demolição da obra se estenderá por mais 60 dias

Atendendo a solicitação da 2ª Vara do Forum de Guaíba, na ação que move contra a Laservi Construtora e Incorporadora Ltda, a Prefeitura Municipal se manifestou sobre o aumento do prazo pedido pela empresa para que procedesse a demolição do prédio em construção, localizado na avenida Sete de Setembro, 818, que corre risco de desabamento. O prazo inicial, determinado pelo Poder Judiciário, para que a empresa executasse a demolição encerrou na quarta-feira, 11 de julho. Porém, a empresa recorreu, solicitando um tempo maior, de 70 dias, para realizar o serviço.

Na petição do Município, protocolada também na quarta-feira, 11 de julho, a Secretaria de Obras entendeu que o prazo de 60 dias, a contar de 02 de julho, é suficiente para a conclusão dos serviços. Diante do cronograma técnico apresentado pelo Engenheiro Responsável Técnico da Adrial Pré-Moldados Ltda, empresa contratada pela Laservi para executar a demolição, o risco do desabamento deve estar eliminado até 16 de julho, quando já estará concluída a remoção da laje do último andar do prédio em construção.

"Quando chegarmos nesta etapa, será feita uma nova perícia para comprovar se o risco foi realmente eliminado", explica o secretário municipal de Obras, Jorge Centeno. Conforme ele, cessando o risco de desabamento, a Escola Estadual Otaviano Manoel de Oliveira Júnior, localizada ao lado da obra, poderá retomar as atividades, mesmo que a empresa prossiga com os serviços.

A Procuradoria Geral do Município requereu ainda no processo que, no caso de descumprimento destes prazos, seja aplicada multa à Laservi, conforme já consignada em juízo.

Foto da Obra neste Sábado, 14 de Julho. 

URL Curta:
Comente esta notícia: