09:26 Exposição homenageia Guaíba na Assembleia Legislativa 26/08 Segurança pública: nova Delegacia de Polícia em Guaíba 25/08 Crescimento em Eldorado do Sul: dique de contenção, duplicação da Estrada do Conde e Projeto Hidroviário foram temas de reunião 22/08 Audiência pública sobre novo Código Tributário acontecerá hoje 22/08 Orquestra PROJARI retoma os Concertos Comunitários 21/08 Dentro da previsão: iniciam as obras de conclusão do Hospital de Guaíba 20/08 Grupo reúne-se com objetivo de iniciar atividades da AJE em Guaíba 20/08 Segunda dose da vacina contra o HPV começa dia 1º de setembro 19/08 Cavalarianos guaibenses buscam a Chama Crioula em Cruz Alta 19/08 Começa hoje a propaganda eleitoral 18/08 Himalaia inaugura sua nova sede, em Eldorado do Sul, e comemora seus vinte anos 18/08 22º Cavalgada Farroupilha virará filme documentário 15/08 Estrada do Conde: Projeto de duplicação é apresentado na Câmara de Vereadores 14/08 Palestra define novas diretrizes para a educação de Guaíba 14/08 Concertos comunitários oferecem música erudita para a comunidade 14/08 Gavi representará Guaíba na etapa regional do JIRGS 13/08 Jogos Estudantis das Escolas Municipais de Guaíba tiveram início nessa terça-feira 13/08 Sarau no Museu comemora seus 7 anos 12/08 Seis suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas são presos no bairro Engenho em Guaíba 11/08 Seminário de Educação movimenta professores em Guaíba
Publicidade
Notícias // 14/07/2012

Prazo para demolição da obra se estenderá por mais 60 dias

Atendendo a solicitação da 2ª Vara do Forum de Guaíba, na ação que move contra a Laservi Construtora e Incorporadora Ltda, a Prefeitura Municipal se manifestou sobre o aumento do prazo pedido pela empresa para que procedesse a demolição do prédio em construção, localizado na avenida Sete de Setembro, 818, que corre risco de desabamento. O prazo inicial, determinado pelo Poder Judiciário, para que a empresa executasse a demolição encerrou na quarta-feira, 11 de julho. Porém, a empresa recorreu, solicitando um tempo maior, de 70 dias, para realizar o serviço.

Na petição do Município, protocolada também na quarta-feira, 11 de julho, a Secretaria de Obras entendeu que o prazo de 60 dias, a contar de 02 de julho, é suficiente para a conclusão dos serviços. Diante do cronograma técnico apresentado pelo Engenheiro Responsável Técnico da Adrial Pré-Moldados Ltda, empresa contratada pela Laservi para executar a demolição, o risco do desabamento deve estar eliminado até 16 de julho, quando já estará concluída a remoção da laje do último andar do prédio em construção.

"Quando chegarmos nesta etapa, será feita uma nova perícia para comprovar se o risco foi realmente eliminado", explica o secretário municipal de Obras, Jorge Centeno. Conforme ele, cessando o risco de desabamento, a Escola Estadual Otaviano Manoel de Oliveira Júnior, localizada ao lado da obra, poderá retomar as atividades, mesmo que a empresa prossiga com os serviços.

A Procuradoria Geral do Município requereu ainda no processo que, no caso de descumprimento destes prazos, seja aplicada multa à Laservi, conforme já consignada em juízo.

Foto da Obra neste Sábado, 14 de Julho. 

URL Curta:
Comente esta notícia: