22/05 Escola é invadida em Guaíba 22/05 Lions Clube promove jantar baile 22/05 Feira do Livro de Guaíba encerra com sucesso sua programação 21/05 Guaíba pode finalizar licitação dos ônibus urbanos 21/05 Três homens são presos em Guaíba 21/05 Nota de Esclarecimento CMPC - Celulose Riograndense 20/05 Vereadores da Oposição questionam números divulgados pela Prefeitura 20/05 Susto na Região Sul 20/05 Estatuto da Criança e do Adolescente é tema de palestra nesta quarta-feira 19/05 Skate em Guaíba promove campeonato para crianças 19/05 Abertas inscrições para o concurso Mais Bela Comunitária 2015 18/05 Homem é atacado por adolescentes no Bom Fim 18/05 Unidade móvel do SEBRAE-RS em Guaíba 18/05 Começa Regularização Fundiária do Campo do Guacho 18/05 Maioridade Penal: Qual a sua opinião? 18/05 Torneio da Bombacha chega em sua 30ª edição 15/05 Transporte de estudantes com necessidades especiais está normalizado 15/05 Terceira divisão do Rugby se enfrentam em Guaíba 15/05 Governador do estado visita Guaíba 15/05 Passeata contra a exploração sexual
Publicidade
Polícia // 08/05/2012

Preso suspeito de enterrar viva a ex-namorada em Guaíba

Na manhã de hoje, um homem foi preso em Guaíba suspeito de matar e enterrar a ex-namorada, Vanessa dos Santos, 20 anos. De acordo com o delegado Rafael Soares Pereira, responsável pelo caso, Nilson Ricardo Rodrigues, 30 anos, foi detido em casa por agentes da Polícia Civil, que cumpriram um mandado de prisão preventiva.

No dia 29 de março, a família da vítima registrou o desaparecimento da jovem. Inicialmente, acreditava-se que Vanessa teria fugido após o fim do relacionamento conturbado com Nilson, pois havia sido feito um saque no valor de R$ 500 da conta de Vanessa.

Porém, no dia 25 de abril, uma equipe de uma empresa de celulose estava fazendo uma escavação na BR-116 e encontrou o corpo de uma mulher, já em estado de decomposição. A polícia ainda aguarda o resultado de DNA, mas a família de Vanessa reconheceu as roupas que a jovem usava no dia do desaparecimento. Além disso, foi encontrada uma nota com a assinatura da vítima.

Desde então, a polícia estava monitorando o rapaz através de escutas telefônicas. O delegado Rafael achou necessário interromper o processo e pedir a prisãod e Nilson por temer que houvesse mais vítimas, visto que o homem já estava se relacionando com outras mulheres.


Vanessa desapareceu no dia 29 de março
Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal 

 

Fonte: Diário Gaúcho / Eduardo Torres  

URL Curta:
Comente esta notícia: