15:41 Homem é preso por descumprimento da Lei Maria da Penha 26/07 Policia Civil de Guaíba realiza 55º prisão no ano 25/07 Homem é preso e armas apreendidas em Guaíba 20/07 Fauna e flora da região são apresentadas à comunidade 20/07 Projeto Juventude em Ação 20/07 Caminhão roubado é recuperado em Guaíba 20/07 Sobe a passagem dos ônibus intermunicipais do RS 20/07 Preso suspeito de homicídio doloso cometido em Tapes 20/07 Operação Barra Limpa é deflagrada em Barra do Ribeiro 13/07 Governo usará verba do PAC para ponte do Guaíba 12/07 Suspeito de homicídio é preso em Guaíba 11/07 Guaíba recebe prêmio da FAMURS 11/07 Novidades na reforma do píer 11/07 Suspeito de tráfico de drogas é preso em flagrante em Guaíba 05/07 Obra da nova Ponte do Guaíba continua parada 04/07 Novidades para o zoneamento ambiental do Lago Guaíba 03/07 Homem é preso em Guaíba por porte de arma 01/07 Três pessoas são presas em Guaíba 30/06 O caminho da Tocha Olímpica Rio 2016 em Guaíba 29/06 Escola de Guaíba participa de concurso olímpico pela paz
Publicidade
Polícia // 08/05/2012

Preso suspeito de enterrar viva a ex-namorada em Guaíba

Na manhã de hoje, um homem foi preso em Guaíba suspeito de matar e enterrar a ex-namorada, Vanessa dos Santos, 20 anos. De acordo com o delegado Rafael Soares Pereira, responsável pelo caso, Nilson Ricardo Rodrigues, 30 anos, foi detido em casa por agentes da Polícia Civil, que cumpriram um mandado de prisão preventiva.

No dia 29 de março, a família da vítima registrou o desaparecimento da jovem. Inicialmente, acreditava-se que Vanessa teria fugido após o fim do relacionamento conturbado com Nilson, pois havia sido feito um saque no valor de R$ 500 da conta de Vanessa.

Porém, no dia 25 de abril, uma equipe de uma empresa de celulose estava fazendo uma escavação na BR-116 e encontrou o corpo de uma mulher, já em estado de decomposição. A polícia ainda aguarda o resultado de DNA, mas a família de Vanessa reconheceu as roupas que a jovem usava no dia do desaparecimento. Além disso, foi encontrada uma nota com a assinatura da vítima.

Desde então, a polícia estava monitorando o rapaz através de escutas telefônicas. O delegado Rafael achou necessário interromper o processo e pedir a prisãod e Nilson por temer que houvesse mais vítimas, visto que o homem já estava se relacionando com outras mulheres.


Vanessa desapareceu no dia 29 de março
Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal 

 

Fonte: Diário Gaúcho / Eduardo Torres  

URL Curta:
Comente esta notícia: