15:49 Prefeitura flagra motorista sem habilitação dirigindo micro-ônibus escolar 15:44 Prefeito José Sperotto é eleito vice-presidente da Famurs 15:41 Prefeitura realiza poda de árvores na rua Santa Catarina 15:39 Prefeitura inicia obras da rotatória na avenida Nestor de Moura Jardim 23/05 Vereador Ale Alves doa cobertores ao Hospital Regional 23/05 Prefeitura apreende caminhão descartando entulho em açude no bairro Vera Cruz 23/05 Prefeitura lança Passaporte do Leitor para alunos da rede municipal 23/05 Patrono da Feira do Livro de Guaíba 2017 revela lembranças do município 12/05 Prefeito e secretários propõem melhorias para entorno da Igreja Matriz de Guaíba 12/05 Combate ao HIV em Guaíba é destaque em livro lançado pelo Estado 12/05 Dia D de vacinação acontece neste sábado (13) 12/05 Prefeitura obtém transporte escolar para 16 estudantes do Logradouro 03/05 Prefeitura busca viabilizar moradias para policiais militares e bombeiros de Guaíba 03/05 Confira os locais para entregar doações da Campanha do Agasalho 03/05 Campanha de vacinação contra febre aftosa tem início na região 02/05 Morre o ex-vereador Wilson Edmundo Eymael 02/05 Campanha do Agasalho tem início em Guaíba 27/04 Prefeitura reativa fábrica de canos e prevê economia de 40% 27/04 Prefeitura retira poltrona de valão 27/04 Sperotto presta contas dos 100 primeiros dias de governo
ECB Sistemas Desenvolvimento Web
ECB Sistemas Desenvolvimento Web Publicidade
Polícia // 08/05/2012

Preso suspeito de enterrar viva a ex-namorada em Guaíba

Na manhã de hoje, um homem foi preso em Guaíba suspeito de matar e enterrar a ex-namorada, Vanessa dos Santos, 20 anos. De acordo com o delegado Rafael Soares Pereira, responsável pelo caso, Nilson Ricardo Rodrigues, 30 anos, foi detido em casa por agentes da Polícia Civil, que cumpriram um mandado de prisão preventiva.

No dia 29 de março, a família da vítima registrou o desaparecimento da jovem. Inicialmente, acreditava-se que Vanessa teria fugido após o fim do relacionamento conturbado com Nilson, pois havia sido feito um saque no valor de R$ 500 da conta de Vanessa.

Porém, no dia 25 de abril, uma equipe de uma empresa de celulose estava fazendo uma escavação na BR-116 e encontrou o corpo de uma mulher, já em estado de decomposição. A polícia ainda aguarda o resultado de DNA, mas a família de Vanessa reconheceu as roupas que a jovem usava no dia do desaparecimento. Além disso, foi encontrada uma nota com a assinatura da vítima.

Desde então, a polícia estava monitorando o rapaz através de escutas telefônicas. O delegado Rafael achou necessário interromper o processo e pedir a prisãod e Nilson por temer que houvesse mais vítimas, visto que o homem já estava se relacionando com outras mulheres.


Vanessa desapareceu no dia 29 de março
Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal 

 

Fonte: Diário Gaúcho / Eduardo Torres  

URL Curta:
Comente esta notícia: