31/07 Empregadores terão que assinar a carteira do trabalhador doméstico 31/07 Projeto Amor no Cabide chega a Guaíba 30/07 A espera de leito em UTI, idosa de 71 anos vem a óbito no P.A. de Guaíba 30/07 Iniciam hoje as comemorações do dia do motorista 29/07 Guaíba preocupada com o Meio Ambiente 28/07 Guaíba recebe a primeira parcela do recurso destinado ao combate à AIDS 28/07 Professores mais qualificados nas salas de aula 25/07 Disputada 2ª Etapa do Ranking de Karate em Eldorado do Sul 25/07 Artista Guaibense lança novo clipe 24/07 Mais medalhas para ginastas de Eldorado do Sul 24/07 Avós participantes do Projeto Projari serão homenageados 24/07 Lançamento da 22ª edição da Cavalgada Farroupilha acontece hoje em Porto Alegre 23/07 Agosto: Guaíba terá diversos dias de atividades em defesa da causa animal 23/07 Inscrições abertas para o Pronatec em Eldorado do Sul 22/07 Atleta na Escola: Projeto incentiva prática esportiva nas escolas municipais 22/07 Setor Florestal cria sua entidade 22/07 Bolsas de estudo disponíveis para Guaíba 21/07 Fim das filas de espera nas escolas de educação infantil em Eldorado do Sul 18/07 Hospital Regional de Guaíba sem previsão de abertura 18/07 Escolas vencedoras do Projeto Ambientação serão conhecidas na próxima semana
Publicidade
Polícia // 08/05/2012

Preso suspeito de enterrar viva a ex-namorada em Guaíba

Na manhã de hoje, um homem foi preso em Guaíba suspeito de matar e enterrar a ex-namorada, Vanessa dos Santos, 20 anos. De acordo com o delegado Rafael Soares Pereira, responsável pelo caso, Nilson Ricardo Rodrigues, 30 anos, foi detido em casa por agentes da Polícia Civil, que cumpriram um mandado de prisão preventiva.

No dia 29 de março, a família da vítima registrou o desaparecimento da jovem. Inicialmente, acreditava-se que Vanessa teria fugido após o fim do relacionamento conturbado com Nilson, pois havia sido feito um saque no valor de R$ 500 da conta de Vanessa.

Porém, no dia 25 de abril, uma equipe de uma empresa de celulose estava fazendo uma escavação na BR-116 e encontrou o corpo de uma mulher, já em estado de decomposição. A polícia ainda aguarda o resultado de DNA, mas a família de Vanessa reconheceu as roupas que a jovem usava no dia do desaparecimento. Além disso, foi encontrada uma nota com a assinatura da vítima.

Desde então, a polícia estava monitorando o rapaz através de escutas telefônicas. O delegado Rafael achou necessário interromper o processo e pedir a prisãod e Nilson por temer que houvesse mais vítimas, visto que o homem já estava se relacionando com outras mulheres.


Vanessa desapareceu no dia 29 de março
Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal 

 

Fonte: Diário Gaúcho / Eduardo Torres  

URL Curta:
Comente esta notícia: