14:55 Familiares identificam corpo de taxista 04/05 Taxista desaparece após corrida na noite de sexta-feira 04/05 Construção do Skate Park na orla do Guaíba segue em andamento 01/05 CMPC inaugura nova linha de produção 30/04 Oposição consegue liminar anulando Lei que aumenta o IPTU 30/04 Atividades paralelas compõem a programação da 26ª Feira do Livro 29/04 Implantação da Unidade de Conservação de Guaíba é apoiada por Ana Pellini 29/04 Guaíba faz campanha estimulando cuidados com cães 28/04 Pela primeira vez, Dilma não fará pronunciamento no dia 1º de maio. 27/04 Caderneta de Poupança Sicredi RS/SC tem incremento de 60,6 milhões 27/04 Vacinação contra gripe começa nesta segunda-feira 27/04 Atraso na entrega dos carnês aumenta prazo de pagamento do IPTU 25/04 Força Sindical promoveu o Seminário Mulheres Empoderadas Informar Participar Agir 24/04 Prefeitura confirma participação do município no Dia do Desafio 23/04 Caminhoneiros em greve 23/04 Nova via apresenta risco aos motoristas 22/04 Plano de Manejo do Parque Delta do Jacuí pauta reunião almoço promovida pela Acidesul 20/04 Guaíba conclui Plano de investimentos para implantação de Unidade de Conservação 20/04 11ª Edição do Premio Itaú-Unicef contará com avaliação de professoras guaibenses 18/04 CDL realiza treinamento sobre comunicação e relacionamento interpessoal
Publicidade
Polícia // 08/05/2012

Preso suspeito de enterrar viva a ex-namorada em Guaíba

Na manhã de hoje, um homem foi preso em Guaíba suspeito de matar e enterrar a ex-namorada, Vanessa dos Santos, 20 anos. De acordo com o delegado Rafael Soares Pereira, responsável pelo caso, Nilson Ricardo Rodrigues, 30 anos, foi detido em casa por agentes da Polícia Civil, que cumpriram um mandado de prisão preventiva.

No dia 29 de março, a família da vítima registrou o desaparecimento da jovem. Inicialmente, acreditava-se que Vanessa teria fugido após o fim do relacionamento conturbado com Nilson, pois havia sido feito um saque no valor de R$ 500 da conta de Vanessa.

Porém, no dia 25 de abril, uma equipe de uma empresa de celulose estava fazendo uma escavação na BR-116 e encontrou o corpo de uma mulher, já em estado de decomposição. A polícia ainda aguarda o resultado de DNA, mas a família de Vanessa reconheceu as roupas que a jovem usava no dia do desaparecimento. Além disso, foi encontrada uma nota com a assinatura da vítima.

Desde então, a polícia estava monitorando o rapaz através de escutas telefônicas. O delegado Rafael achou necessário interromper o processo e pedir a prisãod e Nilson por temer que houvesse mais vítimas, visto que o homem já estava se relacionando com outras mulheres.


Vanessa desapareceu no dia 29 de março
Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal 

 

Fonte: Diário Gaúcho / Eduardo Torres  

URL Curta:
Comente esta notícia: