14:56 44º Prêmio Exportação ADVB-RS dá maior premiação à Celulose Riograndense 23/06 Nessa sexta: Palestra com Fabrício Carpinejar na Ulbra Guaíba 23/06 Prefeitura instala ponto eletrônico nos setores da saúde 22/06 Go Skateboarding Day Guaíba em junho 21/06 Guaíba Rugby Clube enfrenta o Corsários de Rio Grande 20/06 Escolas públicas participam de concurso de redação sobre a Tocha 17/06 Acesso a Barra do Ribeiro é modificado para obras na BR-116/RS 16/06 Celulose Riograndense inaugura novo navio que fará a travessia de cargas na Lagoa dos Patos 15/06 Exigência de habilitação para pilotar as cinquentinhas tem prazo prorrogado 14/06 Professores visitam quilombo em Mostardas 13/06 Prefeitura de Guaíba já enviou a segunda parcela do IPTU 10/06 Guaíba terá Seminário Regional de Crédito do Sebrae 09/06 Contagem regressiva para receber Chama Olímpica terá atleta de Guaíba 08/06 Colégio Estadual Augusto Meyer e Rugby Clube Predadores iniciam parceria no projeto "Escola Aberta" 07/06 Reforma no Píer 06/06 Guaíba atinge a meta de vacinação contra a gripe dos grupos prioritários 03/06 Prefeitura de Guaíba não destinou verbas para passagem da Tocha Olímpica 31/05 Incêndio no refeitório da DELL 30/05 Obras da Foton começam em julho 30/05 Prefeito lamentou trágico acidente na Estrada do Conde
Publicidade
Polícia // 08/05/2012

Preso suspeito de enterrar viva a ex-namorada em Guaíba

Na manhã de hoje, um homem foi preso em Guaíba suspeito de matar e enterrar a ex-namorada, Vanessa dos Santos, 20 anos. De acordo com o delegado Rafael Soares Pereira, responsável pelo caso, Nilson Ricardo Rodrigues, 30 anos, foi detido em casa por agentes da Polícia Civil, que cumpriram um mandado de prisão preventiva.

No dia 29 de março, a família da vítima registrou o desaparecimento da jovem. Inicialmente, acreditava-se que Vanessa teria fugido após o fim do relacionamento conturbado com Nilson, pois havia sido feito um saque no valor de R$ 500 da conta de Vanessa.

Porém, no dia 25 de abril, uma equipe de uma empresa de celulose estava fazendo uma escavação na BR-116 e encontrou o corpo de uma mulher, já em estado de decomposição. A polícia ainda aguarda o resultado de DNA, mas a família de Vanessa reconheceu as roupas que a jovem usava no dia do desaparecimento. Além disso, foi encontrada uma nota com a assinatura da vítima.

Desde então, a polícia estava monitorando o rapaz através de escutas telefônicas. O delegado Rafael achou necessário interromper o processo e pedir a prisãod e Nilson por temer que houvesse mais vítimas, visto que o homem já estava se relacionando com outras mulheres.


Vanessa desapareceu no dia 29 de março
Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal 

 

Fonte: Diário Gaúcho / Eduardo Torres  

URL Curta:
Comente esta notícia: