19:55 O caminho da Tocha Olímpica Rio 2016 em Guaíba 29/06 Escola de Guaíba participa de concurso olímpico pela paz 27/06 44º Prêmio Exportação ADVB-RS dá maior premiação à Celulose Riograndense 23/06 Nessa sexta: Palestra com Fabrício Carpinejar na Ulbra Guaíba 23/06 Prefeitura instala ponto eletrônico nos setores da saúde 22/06 Go Skateboarding Day Guaíba em junho 21/06 Guaíba Rugby Clube enfrenta o Corsários de Rio Grande 20/06 Escolas públicas participam de concurso de redação sobre a Tocha 17/06 Acesso a Barra do Ribeiro é modificado para obras na BR-116/RS 16/06 Celulose Riograndense inaugura novo navio que fará a travessia de cargas na Lagoa dos Patos 15/06 Exigência de habilitação para pilotar as cinquentinhas tem prazo prorrogado 14/06 Professores visitam quilombo em Mostardas 13/06 Prefeitura de Guaíba já enviou a segunda parcela do IPTU 10/06 Guaíba terá Seminário Regional de Crédito do Sebrae 09/06 Contagem regressiva para receber Chama Olímpica terá atleta de Guaíba 08/06 Colégio Estadual Augusto Meyer e Rugby Clube Predadores iniciam parceria no projeto "Escola Aberta" 07/06 Reforma no Píer 06/06 Guaíba atinge a meta de vacinação contra a gripe dos grupos prioritários 03/06 Prefeitura de Guaíba não destinou verbas para passagem da Tocha Olímpica 31/05 Incêndio no refeitório da DELL
Publicidade
Romualdo Furtado

Turistas e a Orla

Ontem fui jurado do concurso "Prefeito por um dia". Li 15 redações escritas por alunos da oitava série. Textos surpreendentes, pequenas pérolas. Duas mulheres venceram. As mulheres sempre vencem. Uma será Prefeita e a outra vice por um dia.

O tema das redações era o Catamarã. Invariavelmente as redações sugeriam melhorias em nossa orla, mais atrativos, mais diversão, mais opções gastronômicas.

Vem aí a reforma da praça, a remoção dos camelôs o asfaltamento da beira, mas ainda é muito pouco. Em recente conversa com Henrique Tavares numa destas tardes em seu gabinete, lhe disse que a Prefeitura deveria dar incentivos fiscais para quem quiser estabelecer bar ou restaurante na orla do Guaíba. Pouco ou nada adianta cobrar dos atuais comerciantes que adéquem horários. Cada um sabe como trabalhar o que é seu. Mas é importante que ao invés de lojas de tintas, a beira receba o comércio voltado para a gastronomia, cultura e diversão.

Temos uma pérola em nosso baú. Podemos ser uma Colônia de Sacramento, com a Otaviano e a João Pessoa revitalizadas, repintadas e melhor iluminadas. Existe o exemplo da João Alfredo, na Cidade Baixa. O bom é que o Prefeito concordou comigo. Quem tem a caneta é ele. E eu nem cobro pelas ideias.

Se eu fosse...

Ah, se eu fosse prefeito por um dia a primeira coisa que eu faria é ver se não tem um congreso e Maceió. Nunca votem em mim.

Começou cedo

A semana foi sobre boatos de impugnações. Todos os anos são assim. Já vi este filme dezenas de vezes. Sempre aparecem os que garantem que este ou aquele candidato não poderá concorrer devido ao tribunal de contas, a lei da ficha limpa, o ministério público o tempo chuvoso, a Tonga da Mironga do Capuletê e sei lá mais eu o quê. No fim todos concorrem e os mesmos se elegem. Vão por mim.

URL Curta:
Comente esta notícia:
Publicidade
TV Costa Doce
Curta o Portal no Facebook
Publicidade
Guaiba Telecom