17/07 Prefeitura recolhe cavalos abandonados nas ruas 17/07 Secretaria de Educação convida vereadores e apresenta balanço e projeções para 2018 17/07 Em dia de doação, Guaíba coleta 102 bolsas de sangue para Hemocentro 17/07 Prefeitura promove atividades especiais nas férias de julho 11/07 Secretaria de Assistência Social recebe capacitação para implantar a ID Jovem 11/07 Guaibenses aproveitam mais um fim de semana de atividades culturais 11/07 Alterações no trânsito em razão de obras da rotatória da Nestor de Moura Jardim 06/07 CAPS Álcool e Drogas tem capacidade de atendimento ampliada 04/07 Unidade móvel do Hemocentro estará em Guaíba na próxima terça-feira (4) 04/07 Saiba o que Guaíba ganha com o novo CT do Internacional 04/07 Posto da Primavera/São Jorge realiza dia extra de atendimentos 27/06 Prefeitura aprova projeto de CT do Internacional em Guaíba 27/06 Servidores e professores municipais iniciam curso de Libras 22/06 Prefeitura busca solução para evitar pontos de alagamentos 22/06 Clima de amizade marca abertura da 28ª edição dos Jogos Estudantis das Escolas Municipais 20/06 Prefeitura entrega mais de 300 itens para os Bombeiros 20/06 Prefeitura reduz fila de espera por exames de tomografia 20/06 Só Fumaça é o time campeão da Primeira Divisão de Futsal 08/06 Prefeitura de Guaíba antecipa parcela de 13º para servidores 08/06 28º Feira do Livro de Guaíba encerra com público total de 17 mil pessoas
ECB Sistemas Desenvolvimento Web
ECB Sistemas Desenvolvimento Web Publicidade
Romualdo Furtado

Turistas e a Orla

Ontem fui jurado do concurso "Prefeito por um dia". Li 15 redações escritas por alunos da oitava série. Textos surpreendentes, pequenas pérolas. Duas mulheres venceram. As mulheres sempre vencem. Uma será Prefeita e a outra vice por um dia.

O tema das redações era o Catamarã. Invariavelmente as redações sugeriam melhorias em nossa orla, mais atrativos, mais diversão, mais opções gastronômicas.

Vem aí a reforma da praça, a remoção dos camelôs o asfaltamento da beira, mas ainda é muito pouco. Em recente conversa com Henrique Tavares numa destas tardes em seu gabinete, lhe disse que a Prefeitura deveria dar incentivos fiscais para quem quiser estabelecer bar ou restaurante na orla do Guaíba. Pouco ou nada adianta cobrar dos atuais comerciantes que adéquem horários. Cada um sabe como trabalhar o que é seu. Mas é importante que ao invés de lojas de tintas, a beira receba o comércio voltado para a gastronomia, cultura e diversão.

Temos uma pérola em nosso baú. Podemos ser uma Colônia de Sacramento, com a Otaviano e a João Pessoa revitalizadas, repintadas e melhor iluminadas. Existe o exemplo da João Alfredo, na Cidade Baixa. O bom é que o Prefeito concordou comigo. Quem tem a caneta é ele. E eu nem cobro pelas ideias.

Se eu fosse...

Ah, se eu fosse prefeito por um dia a primeira coisa que eu faria é ver se não tem um congreso e Maceió. Nunca votem em mim.

Começou cedo

A semana foi sobre boatos de impugnações. Todos os anos são assim. Já vi este filme dezenas de vezes. Sempre aparecem os que garantem que este ou aquele candidato não poderá concorrer devido ao tribunal de contas, a lei da ficha limpa, o ministério público o tempo chuvoso, a Tonga da Mironga do Capuletê e sei lá mais eu o quê. No fim todos concorrem e os mesmos se elegem. Vão por mim.

URL Curta:
Comente esta notícia:
Publicidade
TV Costa Doce

Móveis catarinense
Curta o Portal no Facebook
Publicidade
Guaiba Telecom